sexta-feira, 19 de abril de 2013

um salve ao poeta Bandeira!


O Poeta Do Castelo

Direção de Joaquim Pedro de Andrade
Duração: 11 minutos
Ano de Lançamento: 1959

4 comentários:

  1. Lindo esse documentário. O poeta de perto, na realidade de seu dia-dia.

    João,

    http://lugardoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Realmente um belo presente! Bjs!

    ResponderExcluir
  3. 2 grandes:bandeira e joaquim pedro.beijinhos,pfreitas.

    ResponderExcluir
  4. Como pernambucano estou particularmente emocionado. O leite era vendido em garrafas, ainda lembro, (não é que eu seja da idade de bandeira, eu era bem pequeno, talvez cinco, seis anos). E aquele busto, cabeça, sei lá, do quarto, deve ser o mesmo que se encontra hoje na parede da frente da casa em que morou. Bandeira foi um poeta triste, teve uma vida igualmente triste, vivia como ele mesmo dizia como que provisoriamente. Acometido pela terrível doença de seu tempo, a tuberculose, que vitimou também outros intelectuais, como Noel Rosa. Teve, no entanto uma longa vida, morreu aos 8o anos de Hemorragia Gástrica. Gostei do seu Blog, e desde já, seguirei aonde ele for. Sem querer fazer de oferecido, mas convida-la para visitar o meu, encontrara poemas, vídeos, Bandeiras, Drumond's e outras variedades afins.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir