sábado, 16 de outubro de 2010

Fidelidade

Park Catia Chien
Quanto a mim, continuo a ler Monteiro Lobato. Ele deu iluminação de alegria a muita infância infeliz. Nos momentos difícies de agora, sinto um desamparo infantil, e Monteiro Lobato me traz luz.

Clarice Lispector, in: A Descoberta do Mundo / Crônica de 12/10/1968. Ed. Rocco

2 comentários:

  1. Monteiro também fez parte da minha infância.

    ResponderExcluir
  2. É....a memória olfativa dos livros dele, me traz paz...

    ResponderExcluir