domingo, 28 de março de 2010


[...] Domingo é o dia dos ecos – quentes, secos, e em toda a parte zumbidos de abelhas e vespas, gritos de pássaros e o longínquo das marteladas compassadas – de onde vêm os ecos de domingo? Eu que detesto domingo por ser oco.

Clarice Lispector, in: Água Viva. Ed. Círculo do Livro

3 comentários:

  1. Deve vir da segunda-feira...

    eu que odeio segudas!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei suas seleções!
    Voltarei sempre! =*

    ResponderExcluir