quarta-feira, 14 de outubro de 2015

vida áerea

Isabelle Wenzer

o quanto você quer, me diga, com frio na barriga,
proclamar norte onde seu nariz aponte, se livrar do
que não interessa, com força, abrir a cabeça, meter pés
pelas mãos, com pressa, não importa, sentar no escombro
ombro a ombro com a obra, me diga me diga, com frio
na barriga, quanto tempo perdido, quantos reais no bolso,
quantos livros não lidos, quantos minutos de espera,
quantos dentes cariados, me diga o quanto você quer isso
                                                                              [tudo
e para onde quer que envie, se você quer que embrulhe

Angélica Freitas, in: Rilke shake. Ed. Cosac Naify

Um comentário:

  1. Me inspira ler citações como essa. Gostei do seu blog!!!

    ResponderExcluir