domingo, 10 de março de 2013

.

RozArt

balanços em que não brinquei
me levam
a uma viagem no vento
sem medo agora

já não é tempo mas
resgatam-me

Nydia Bonetti

2 comentários:

  1. "(...) sem medo agora."

    por esses dias caminhei assim, sem medo, com coragem para enfrentar o que fosse, enfim os dias passam . ..

    minha querida estou voltando aos poucos com o "intrínseco", tem me feito bem, tem me salvado de mim mesma!

    um beijo e uma semana incrível!

    ResponderExcluir
  2. lindo esse poema. minimalista, certeiro.

    ResponderExcluir