quinta-feira, 24 de novembro de 2011

ausência

o sol se nega a sair
e não venta

há dias fico à sombra
mofando idéias úmidas
e desculpas idem
penduradas no cabide

Valéria Tarelho

Um comentário:

  1. Teu blog continua lindo.E que poema da Valéria... :) bj!

    ResponderExcluir