domingo, 3 de julho de 2011

Briza

Essas horas andam carregadas de vazias esperas... que pesam tanto. Vejo daqui, ao pé da porta, se arrastarem lentas. Só aqui dentro é que tudo insiste em ficar. Eu que sonhei com campos de algodão. Acordo entre mofos. E tenho medo.

Casa abandonada, lençóis brancos en-cobrindo o que ficou... para proteger? Para postergar?

O tempo marcado em minha pele morta... é só essa poeira pela casa repleta de tantas falsas impressões. Não há saudade aqui. Só muitos, eu pensei que. E senti tanto.
Vejo as horas dobrarem a esquina, partindo o dia ao meio. Sem dizer adeus. Arrastando o tempo em chão de cascalho. É tarde. E sangra.
Meus olhos feito ampulheta... escorrem. Choram os segundos desperdiçados. Não os que vivi. Mas estes agora, em que não consigo ir. Tempo começa a go-te-jar lá fora. E decidi abrir as janelas e portas. Não quero ficar seca, jamais.
O céu me olha azul... eu girando em grama verde. Sol enlaçando de-va-gar espessas nuvens. Enrubrecendo-as num abraço. Coisa de quem quer segurar o coração dentro do peito... E tamanho esforço esquenta e avermelha a face... e os olhos transpiram. O dia finda assim, nesse abraço que acende estrelas. É noite clara, repleta de lucidez.
Amanheci pintando de amar-elo essas paredes. Estradinha de chão, pés descalços. Cerca verde e viva. Redes na varanda. Desabrocham em vermelho, rosas. Girassóis. Pé de amora. Cheiro de vida, hortelã, manjericão e canela. Vista para o mar. Fica em campos de algodão. E eu estou indo te buscar, meninamarela. Porque ainda ontem escutei e hoje se faz eco: "solidão é campo vasto que não se deve atravessar sozinho". Hoje eu só quero caminhar contigo.

Cecília Braga

7 comentários:

  1. Poder abrir janelas e portas com o coraçáo, maravilhoso.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Uma prosa poética de imagens fortes. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  3. Olá... sou a Isia do blog Mundo de Isia gosto muito do seu blog, recebi um desafio onde tinha q indicar mais 10 blog, e escolhi o seu para esse desafio... só ir no meu blog para ver como é o desafio.. bjoss...
    http://mundodeisia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Tem horas que o coração nem cabe no peito.

    ResponderExcluir
  5. Ei...
    saudades de ti aqui, minha flor!!

    ando atarefada demais, um beijo.

    um carinho sempre.
    mell

    ResponderExcluir
  6. Um texto carente de ânimo e o ânimo vem de dentro, vem da disposição. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir