segunda-feira, 13 de junho de 2011

hoje é dia de Pessoa

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes animam, as artes vivas (como a dança e o representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana.

Não é esse o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso.

Fernando Pessoa, in: O Livro do Desassossego. Ed. Companhia das Letras

9 comentários:

  1. Hoje é o dia de escutar poesia Pessoana aos pés do ouvidos.
    Lindo, demais. Ainda bem que existe a literatura, ia morrer de tanta realidade.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Pessoa: maravilhoso!

    Sublime!

    Esse dia é de reverência à Ele!

    ResponderExcluir
  3. A maneira mais agradável de ignorar a vida.

    Lindo, Pessoa.

    ResponderExcluir
  4. O Livro do Desassossego pra mim é manual de existência. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  5. Amei teu cantinho, super aconchegante..volto mais tarde, e saida pro trabalho,...rs.. mais gostei daqui e vou ficando.
    Bjos e otima tarde pra ti.

    ResponderExcluir
  6. Que belo desassossego!!!!

    ResponderExcluir
  7. ah
    mas se eu contar o quanto este Reino me fustiga para esse tal "Livro do Desassossego"...

    Viva Pessoa então!

    ResponderExcluir