terça-feira, 29 de março de 2011

O dia rasgou todos os meus sonhos
vem tecer com eles uma guirlanda nova.

Rainer Maria Rilke. Recorte do livro de Lya Luft: Secreta Mirada. Ed. Mandarim

4 comentários:

  1. quem dera essa magia de artesão,


    beijo

    ResponderExcluir
  2. Li sobre o Rilke ontem, num livro incrível. Chama-se "A arte do combate" e é sobre literatura alemã. É do Marcelo Backes, Jeny. Fica a dica :)

    ResponderExcluir
  3. O Rilke é de uma delicadeza que beira a perfeição. Do tipo que extrai poesia da vida, todo dia. Tem uma frase dele que diz assim: “Se a própria existência cotidiana lhe parecer pobre, não a acuse. Acuse a si mesmo, diga consigo que não é bastante poeta para extrair as suas riquezas.” Devo confessar que essa frase dele me influencia em muita coisa...

    Ótima escolha para um post! Adorei o verso escolhido. Tem algo de cumplicidade que considero fundamental.

    Beijos

    ResponderExcluir