quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

a felicidade não tem alfabeto

Vânia Medeiros
Na verdade, de que serve a poesia se não é preciso inventar amores? Não será o verso feito de nostalgia daquilo que fica por fazer? No momento, o amor estava ali, à mão de se fazer. Há quanto tempo o coração não lhe pulsava nas mãos e na fronte, há quanto tempo ele não se debruçava sobre a vertigem de confirmar no seu um outro corpo? [...]

Mia Couto, in: do conto: Olhos nus Olhos / Essa História está Diferente: dez contos para canções de Chico Buarque. Ed. Companhia das Letras

5 comentários:

  1. Aquilo que fica por fazer, quem sabe...

    http://vemcaluisa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Querida, obrigado!
    Espero que alguém se interesse de fato e compre. pois escritores também precisam viver.

    na realidade utópica, Carmen era um sonho muito antigo, bem como as outras duas histórias que seguem carmen, serão publicadas em breve, aí sim a trilogia do amor e do tempo estará realizada e pronta,

    Não suma de lá...sinto falta de seus pensamentos por lá.
    Aqui ganhou uma amiga,.
    Um beijo!
    Mell

    ResponderExcluir
  3. esse mia couto é bom por demais! gostei da sequência de postagens com frases dele!

    bjs

    ResponderExcluir