terça-feira, 12 de outubro de 2010

intuition

Nonnetta
Sempre que eu começava a gostar de alguém, alguma coisa me dizia pra deixar os esforços de lado.

O tal amor não vale a pena. Não vá às penas, babe - dizia minha intuição aguçada.

Todas as possibilidades de felicidade ficaram em algum canto empoeirado do passado. Desde então, tornei-me viajante do tempo e as palavras não me alcançam mais. Sei, antes de qualquer indício, quando algo vai dar errado. Aprendi a enxergar o que existe por trás das aparências, além do que se mostra.

Não me diga o que fazer, não tente me convencer. Tenho o sexto sentido de almas mudas.

Por isso, meu bem, não diga nada.

Aprenda a se fazer satisfeito com o que pode sentir.

(Samantha Abreu)

3 comentários:

  1. Intuição? Sexto sentido? Utilizamos várias palavras para definir o que é enxergar com a alma! Lindo!

    Obrigada pela visita! Sempre que posso venho aqui me deleitar...

    Bjs.

    Erica

    ResponderExcluir