sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Borboletas

As borboletas
Asas nuas
Navegam na poeticidade do momento
Vaga marulha
Na floresta sem água salgada
Apenas uma ponte sobre o pequeno rio
Das minhas saudades.

Simone Santana

Um comentário:

  1. Que linda é você... Obrigada...

    Milhões de beijos!!!

    ResponderExcluir